Caracterização do apicultor

Questionário de Caracterização do Apicultor

A APIMIL está a realizar um estudo da caracterização dos apicultores na sua zona de acção. A sua opinião conta para definirmos novas estratégias de actuação! Preencha aqui o questionário.

Iconhttps://docs.google.com/forms/d/1fQOOW3fytBMQqEVJ9n_Aap_7WW0FM9N7DWKBS8hQR1c/viewform

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

IX Jornadas Técnicas Apícolas Avis mellífera





PROGRAMA das IX Jornadas Técnicas Apícolas Avis mellífera

É com orgulho que a ADERAVIS – Associação para o Desenvolvimento Rural e Produtos

Tradicionais do Concelho de Avis vai realizar a IX edição das Jornadas Técnicas Apícolas Avis

mellífera 2016.

Mais uma vez contamos com a participação de largas dezenas de apicultores, técnicos,

dirigentes associativos e outros agentes do sector oriundos de todo o país. Vamos mais uma vez

tentar que a Festa da Apicultura esteja ao nível das edições anteriores e se possível ainda

melhor.

Para isso optamos uma vez mais por um programa diferente, por abordar assuntos apícolas dos

quais se poderia dizer: tudo o que você queria saber sobre (...) e nunca ousou perguntar.

Assuntos menos óbvios e talvez por isso muito interessantes...

Este ano o evento terá lugar no Salão da Junta de Freguesia de Avis, no Sábado 10 de Dezembro

de 2016, com o seguinte programa e horários:

09:00 Horas - Recepção dos Participantes

09:30 Horas – Workshop

Higiene e Segurança no Trabalho Apícola - Eng.o José Joaquim Gardete

Dores musculares, entorses, fracturas, ciáticas, infecções, picadas, choque anafilático,

intoxicações alimentares e incêndios, entre muitos outros riscos.

Haverá actividade mais perigosa que a apicultura?

Ou melhor, seguindo as regras de Higiene e Segurança no Trabalho Apícola conseguiremos evitar

a maioria dos riscos da anterior “lista negra”? O Eng.o Gardete irá instruir-nos como tão bem o

sabe fazer!

12:30 Horas - Almoço Organizado * no Restaurante O Clube Náutico

14:30 Horas – Colóquio

Moderador: Eng.o José Joaquim Gardete

Saudação – Direcção da ADERAVIS, Município de Avis, J. Freguesia de Avis

Tema 1 – O Mel e o Movimento Slow Food

Eng.o Victor Lambert, Movimento SLOW FOOD INTERNACIONAL

Em contracorrente com os actuais (maus) hábitos alimentares, numa época em que o tempo

escasseia para tudo, uma forma diferente de estar na alimentação – o Movimento Slow Food

Internacional.

É legítimo perguntar se o mel e demais produtos da colmeia serão dignos de figurar nas iguarias

desta nova filosofia de vida. Estamos certos que sim, as práticas milenares e saudáveis

associadas ao labor das abelhas e dos apicultores decerto que justificarão esse estatuto aos

produtos apícolas.

Tema 2 – O Património Apícola Cerieiro na Península Ibérica

Doutor Damián Copena, UNIVERSIDADE DE VIGO

Quem já ouviu falar em Lagares de Cera e em Eiras de Cera? Para que serviam? Ainda existem?

Onde os podemos encontrar?

Um património que passa despercebido à maioria dos actuais apicultores, estruturas ancestrais

ligadas ao sector apícola e que em tempos foram de grande importância no processamento da

cera de abelha para o fabrico de velas, mobiliário e para muitas outras aplicações.

Tema 3 – Apis mellífera iberiensis vs ligústica, buckfast, carnica, etc...

3a - Conservação e Melhoramento Genético da Abelha Ibérica – Eng.o João Tomé – VALE DO

ROSMANINHO

3b - As abelhas Buckfast e Ligustica - Sr. António Patrício – APIGUARDA

Há muito que se fala nos prós e nos contras da importação das chamadas “abelhas exóticas”.

Cada vez há mais adeptos da criação destas abelhas de temperamento dócil, sejam elas as

Ligusticas, as Carnicas ou as Buckfast.

E como ficará o pool genético da Apis mellífera iberiensis? Estaremos a evoluir para um híbrido

descaracterizado e resultante de uma amálgama de genes ao sabor dessas importações de

“exóticas”?

Ou por outro lado, serão essas abelhas realmente exóticas? Não são elas também oriundas

do continente europeu? Não terão características suficientemente importantes para que as

possamos utilizar nas nossas explorações? Aguardemos pelo debate...

Debate

18:00 H - Encerramento das Jornadas Técnicas Apícolas Avis mellífera 2016

* O Almoço terá lugar pelas 12:30 horas no restaurante O Clube Náutico, em Avis, terá o custo

de 12,00€/pessoa e constará de: Sopa + Febras de Porco Preto com Migas Alentejanas e ou

Batatas Fritas, + Bebidas + Sobremesa e Café.

Apesar de não ser necessária inscrição para as jornadas Avis mellífera, todos os interessados

em participar no almoço organizado deverão inscrever-se até ao dia 2 de Dezembro de 2016

através do Email: montedomel@gmail.com